Expedição Velho Chico denuncia a situação em que se encontra o rio

Por: Ascom/Expedição
06/10/2017 - 00:30:35

Ascom/Expedição

É chegada a hora de pedalar pelas veredas do “Velho Chico”. Serão quase 2,8 mil quilômetros, partindo dia 1º de Outubro, da sua nascente na Serra da Canastra (MG), percorrendo o território de cinco estados brasileiros até desaguar no Oceano Atlântico, entre os estados de Sergipe e Alagoas.

A Expedição Velho Chico é a maior e mais importante expedição do Projeto “Bike Sertão Veredas”. Dentro do projeto, iniciado em 2015, já percorremos os caminhos do Rio Paraguaçu, Rio Itapicuru e Rio Inhambupe, da nascente até a foz, e os caminhos do entorno de Canudos, nos quais percorremos os territórios da peregrinação de Antônio Conselheiro, que há mais de 100 anos percorreu o sertão baiano até ser morto na conhecida Guerra de Canudos. Foram mais de dois mil quilômetros  pedalados, onde construímos as bases para nosso projeto maior: o Rio São Francisco.

Pedalar, entender e registrar a paisagem de um rio é uma tarefa profunda e especial. Mais difícil ainda é captar a alma do povo que o cerca. É preciso muita profundidade e sensibilidade daqueles que encaram o desafio

Pedalando e seguindo a barco alguns trechos do rio, buscaremos eternizar momentos únicos do Velho Chico, registrando seu povo e seus encantos. Os registros darão futuramente origem a um livro, permitindo assim transmitir as sensações dos expedicionários ao longo da trajetória.

Chamaremos, é claro, a atenção para um fato notório, porém esquecido: o rio está morrendo. O assoreamento está consumindo nosso mais importante recurso hídrico.

Muitos trechos do Velho Chico já não são mais navegáveis e a redução do volume de água, o acúmulo de areia e outros materiais no fundo do rio dificulta a navegação. A falta de vegetação nas margens dos rios e mananciais aumenta o volume de terra e areia nas margens, que acaba sendo transportada para dentro do rio, ocasionando obstrução de trechos e com isso o assoreamento.

Nosso Rio de Integração Nacional pede socorro. Ele clama. Percorremos seus caminhos levando energia positiva e uma mensagem de boa-fé para todos.

Que as águas do Velho Chico nos abençoem. Banhar-se em suas aguas é purificar a alma. Deus esteja conosco.

Expedicionários Zé Bezerra (Bizerraider), Esron Carvalho (Nino), Júlio César (Teo)

 

 

PUBLICIDADE

Últimas Notícias



PUBLICIDADE

Enquete

Após as eleições o que você espera de Eunápolis?


Copyright © 2003 / 2017 - Todos os direitos reservados
NossaCara.com é propriedade da empresa Brito Santos Comunicações e Publicidades Ltda.
Fones: (73) 9 9111-2313 / (73) 9 8158 2860