Apesar de chuva, maioria dos reservatórios que abastecem Salvador e RMS permanece com volume baixo

Por: G1/Bahia
19/05/2017 - 07:19:07

Dados foram divulgados nesta quinta-feira (18) pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa)

Por: G1/Bahia

Apesar das chuvas que tem caído nos últimos dias em Salvador e algumas cidades da região metropolitana, o nível da maioria dos reservatórios que abastecem a região permanece com volume baixo, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (18) pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa).

Ao todo, seis reservatórios abastecem a capital e a RMS. Quando considerado o volume útil, que é calculado entre o nível máximo e o nível de captação da água, ou seja, a parcela do volume que pode ser utilizada, os mananciais apresentam atualmente os seguintes percentuais de armazenamento: Pedra do Cavalo (23,92%), Santa Helena (9,83%), Joanes 2 (23,52%), Joanes 1 (89,82%), Ipitanga 1 (22,20%) e Ipitanga 2 (45,93%).

Comparado ao dia 20 de abril de 2017, quando a Embasa também divulgou um balanço com o nível dos reservatórios, a barragem de Pedra do Cavalo teve uma queda no volume útil de 0,25%. Santa Helena, por sua vez, teve queda de nível de 2,19%. Joanes 2 e Joanes 1 tiveram aumento de 14,09% e 19,64%, respectivamente. Os níveis também subiram em Ipitanga 1 (aumento de 0,56%) e Ipitanga 2 (9,19%).

O aumento no nível dos reservatórios é esperado para que não haja a possibilidade de um racionamento, como chegou a ser cogitado pela Embasa em abril.

As bacias do Rio Joanes e de Santa Helena são responsáveis por 40% do abastecimento de Salvador. Os outros 60% vem da Pedra do Cavalo, que é a bacia do Rio Paraguaçu, localizada no Recôncavo Baiano.

O meteorologista Heráclio Alves diz que as chuvas que caíram nos últimos dias não foram suficientes para aumentar os níveis dos reservatórios porque é necessário um maior volume de precipitações na região das bacias durante dias seguidos.

"Estamos praticamente na metade do período mais chuvoso nesses quase dois meses e, até o momento, essa chuva ainda não atingiu o normal, o esperado. E até o final do mês não se espera volumes tão elevados de precipitação", afirma o especialista.

Previsão

A capital baiana e a região metropolitana devem continuar com céu enconberto e com possibilidade de chuva, segundo previsão do setor de meteorologia do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), divulgada nesta quinta. O tempo na região, segundo o órgão, é inflenciado pelos ventos úmidos que sopram do oceano atlântico.

As temperaturas, no entanto, devem permanecer elevadas, conforme o Inema, com valores oscilando entre mínimas de 23°C e máximas de 31°C.

PUBLICIDADE

Últimas Notícias



PUBLICIDADE

Enquete

Após as eleições o que você espera de Eunápolis?


Copyright © 2003 / 2017 - Todos os direitos reservados
NossaCara.com é propriedade da empresa Brito Santos Comunicações e Publicidades Ltda.
Fones: (73) 9 9111-2313 / (73) 9 8158 2860