Polícia Militar destrói plantação de maconha em Braço do Rio

Por: SBN/Noticias
06/12/2017 - 13:31:29

A Polícia Militar destruiu, na tarde desta terça-feira(6/12/2017), no distrito barrense de Braço do Rio, uma plantação de cannabis (erva utilizada na produção de maconha). Localizada a 100 metros da BR-101, a plantação estava espalhada em pequenas clareiras dentro de uma mata, com mais de 200 plantas medindo até dois metros de altura.

De acordo com o comandante do Batalhão de São Mateus, o tenente-coronel Paulo Duarte, algumas plantas já estavam prontas para a colheita. Durante a averiguação, os militares descobriram que já haviam sido feitas colheitas anteriores, além da preparação para a renovação da plantação.

O comandante detalhou que o local foi descoberto por policiais após denúncia anônima. Ele detalhou que uma viatura foi acionada por um motorista já próximo à Vila de Braço do Rio. Para os militares, o denunciante, que trafegava pela BR-101, disse que precisou parar na margem da rodovia, momento em que foi abordado por um criminoso armado, que o ameaçou e obrigou a retirada imediata do local.

"Foi um trabalho de faro profissional dos militares. Eles receberam a denúncia e foram investigar. No local resolveram fazer uma incursão na mata e ouviram barulho de mato quebrando, como se alguém estivesse fugindo. Foi quando avistaram as primeiras clareiras e chamaram reforço para patrulhar a área, encontrando farto material usado no manejo da plantação", afirmou o tenente-coronel.

VIVEIRO

Em meio às clareiras havia um viveiro para as plantas, além de uma estufa improvisada para a germinação de sementes. Também foi encontrado barraca, ferramentas como enxadas, enxadões, facões, barris para armazenar água, capacete, botas, balaclava, prensa, cartuchos deflagrados e outros materiais. "O local é muito bem estruturado, um plantio com técnicas agrícolas profissionais, com equipamentos de irrigação, veneno para controle de pragas. É um plantio que acredito que é o maior que eu já tenha visto".

O tenente-coronel Paulo Duarte disse que diligências seriam feitas para buscar algum suspeito nas imediações. No entanto, até o fechamento desta reportagem, ninguém havia sido identificado. O comandante reforça o papel fundamental das denúncias feitas de forma anônima.

"Não somente na resolução deste caso, mas também de outros que vêm ocorrendo, principalmente na zona rural, onde temos equipes do Serviço de Inteligência atuando com o policiamento ostensivo para mapear as regiões, identificar e combater a criminalidade", sustentou.

Os pés de maconha foram arrancados e encaminhados pelo comandante ao Departamento de Polícia Judiciária. Conforme o tenente-coronel Paulo Duarte, posteriormente devem ser incinerados.

PORTAL SBN | SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS

 

PUBLICIDADE

Últimas Notícias



PUBLICIDADE

Enquete

Após as eleições o que você espera de Eunápolis?


Copyright © 2003 / 2017 - Todos os direitos reservados
NossaCara.com é propriedade da empresa Brito Santos Comunicações e Publicidades Ltda.
Fones: (73) 9 9111-2313 / (73) 9 8158 2860