Dia do Afélio: Hoje a Terra está em seu ponto de maior distanciamento do Sol

Por: Galeria do Mteorito
16/05/2022 - 08:59:23

Sendo mais preciso, às 22:00 UTC (19h00 pelo horário de Brasília), a Terra estará a 152,1 milhões de quilômetros de distância do Sol. A distância média do planeta em relação ao Sol é de pouco menos de 150 milhões de quilômetros. Já durante o Periélio (maior proximidade com o Sol, o que aconteceu em 3 de janeiro, a Terra se encontra a cerca de 147 milhões de quilômetros.

https://www.galeriadometeorito.com/

Ou seja, se compararmos o dia 3 de janeiro de 2019 com hoje (04 de julho), a Terra está 5 milhões de quilômetros mais distante do nosso Astro Rei.

Por que isso acontece?

A Terra viaja em torno do Sol, completando uma volta a cada cerca de 365 dias. Mas essa trajeto não forma um círculo perfeito. Ao invés disso, a órbita da Terra é elíptica (oval). E nesse circuito ovalado, a Terra chega num ponto de maior proximidade com o Sol (periélio) e no ponto de maior distanciamento com o Sol (afélio), o que acontece todos os anos.
O afélio geralmente acontece 14 dias após o solstício de junho (início do inverno no hemisfério sul e do verão no hemisfério norte). Da mesma forma, o periélio acontece cerca de 14 dias após o solstício de dezembro (início do verão para o hemisfério sul e do inverno para o hemisfério norte).


 

 

Terra mais distante do Sol - fica mais frio aqui?

Considerando a distância média da Terra com o Sol, a diferença entre periélio e afélio é de menos de 2%, e não tem relação alguma com as estações do ano, ou com diferenças no clima, seja de calor ou de frio, segundo relatório da NASA.

"Os padrões climáticos sazonais são formados principalmente pela inclinação de 23,5 graus do eixo de rotação do nosso planeta, não pela excentricidade da órbita da Terra", disse George Lebo, astrônomo do Centro de Voo Espacial, da NASA.

Durante o verão do hemisfério sul, a Terra está inclinada de tal forma que o Sol incide diretamente nessa parte da Terra, fazendo os dias ficarem mais longos por aqui. Já no inverno, a inclinação da Terra favorece a entrada dos raios solares no hemisfério norte, fazendo com que o Sol não ganhe altura nos céus do hemisfério sul, e isso, faz o clima ficar mais frio por aqui.

Quais são os efeitos do Afélio?

Sim. Por mais que a Terra estando no afélio (maior distância com o Sol) não sofra alterações climáticas diretas por conta do distanciamento, notamos sim variações no clima da Terra. E ao contrário do que poderíamos imaginar, nessa época do ano a Terra fica, não mais fria, mas sim, MAIS QUENTE!

Agora o seu cérebro deve estar confuso. Como pode a Terra ficar mais quente se ela está mais distante do Sol?

De acordo com Roy Spencer, do Centro Global de Hidrologia e Clima de Huntsville, Alabama, EUA, "em média, a luz do Sol fica cerca de 7% menos intensa no afélio se compararmos com o periélio de janeiro", disse Roy. "Porém, a queda de incidência de raios solares é compensada por um outro fator: distribuição de terras".

Não estamos falando sobre assuntos políticos (afinal, este é um portal astronômico). A distribuição de terras da qual nos referimos é a quantidade de continente encontrada no hemisfério norte, que é bem maior do que no hemisfério sul, cuja superfície possui uma quantidade significativamente maior de cobertura pelos oceanos.

"A temperatura média da Terra em todo o planeta é ligeiramente maior em julho, porque o Sol está brilhando em toda aquela terra do hemisfério norte, que esquenta muito facilmente", disse Roy. "Por conta disso, a temperatura média da Terra no Afélio é de cerca de 2,3ºC mais alta do que no periélio."

Falaremos sobre o afélio da Terra 2019 em uma live no Youtube (que também estará disponível logo abaixo). Não perca!

 

PUBLICIDADE

Últimas Notícias



PUBLICIDADE

Copyright © 2003 / 2022 - Todos os direitos reservados
NossaCara.com é propriedade da empresa Brito Santos Comunicações e Publicidades Ltda.
CNPJ: 12.652.562/0001-07 - Fone: (73) 98866-5262 WhatsApp